O PONTO É: Escolha das técnicas com capital heterogêneo (Sraffa, parte 3)

Este é nosso último ponto desta série sobre Sraffa. No ponto anterior, mostramos que, quando incorporamos capital heterogêneo ao nosso modelo elementar de curva salário-lucro, cada vez que a distribuição de renda mudava (salários versus lucros), ocorriam mudanças nos preços relativos dos bens produzidos na economia. Trata-se de um problema persistente, que já estava presente desde D. Ricardo, e que simplesmente não foi resolvido (quando muito, meramente contornado) pelo pensamento marginalista. Se você não viu este ponto, corre lá e confere em:  O PONTO É: Curva Salário-Lucro, porque assim você aproveita bem melhor os Tableaux a seguir, captando algo central da crítica de Sraffa à teoria neoclássica.

 Slide2

Slide3

Slide4

Slide5

DP 17 - escolha das técnicas.jpg

Entretenimento do DP para seu final de semana 😎😜

Experimente desenhar um gráfico com 3 técnicas, com capital heterogêneo, e observe como é possível gerar uma situação com reverse capital deepening, mas sem reswitching. Depois faça um exemplo com reswitching. E depois pense, pense e pense, rsrs…  Há muita teoria nesses pensamentos !!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s